Paraty…Serra da Bocaina

Este é um Roteiro Andaraí preparado para você curtir lugares incríveis de forma autônoma (você vai com o seu carro), com um nível de serviços adequado para o seu conforto, segurança e bem estar.

Saímos de São Paulo numa sexta-feira às 8 horas rumo a Paraty.
Falando assim dá a impessão que é só isso e pronto. Mas acontece que a rota escolhida é a do Litoral Norte de São Paulo. Com certeza estamos falando de uma das paisagens mais sensacionais que podemos percorrer.

Por isso, e porque estamos falando de uma viagem de lazer, nada de pressa. Permitam-se ir parando ao longo do caminho. O almoço está programado pra acontecer em Caraguatatuba onde poderão escolher entre comida alemã, brasileira, japonesa…guten appetit!

De Caraguá até Paraty são apenas 127 km, o que dá pra se fazer em 1 hora. Mas façam durar 2 ou mais. O trecho inclui Ubatuba e suas praías (como a Domingas Dias ali acima) e são lindíssimas. Se tiverem disposição, dêem uma parada na Praia de Picinguaba. Ela faz parte do Parque Estadual da Serra do Mar. Se tiverem sorte e puderem chegar a ela, estarão em um santuário natural.

A pousada em Paraty fica no centro histórico e como tudo ali, é cheia de charme. Chegarão a tempo de se refrescarem da viagem e curtir o fim de tarde. A noite, jantar em um dos muitos restaurantes que agora oferecem mesas com distanciamento seguro para um público reduzido.

No domingo, depois do café da manhã na pousada, poderão percorrer as ruazinhas do centro. Paraty é um Patrimônio Mundial da Unesco e tudo no centro histórico é protegido. Esse antigo porto foi utilizado pelos portugueses para exportação do ouro de Minas Gerais que chegava à Paraty através da Estrada Real. Tudo ali merece contemplação e evoca um tempo em que as pessoas se tratavam por Vosmecê. Curiosa é a conformação das ruas próximas ao mar que permitem que a maré alta as preencha. Até onde eu sei, é o único lugar onde as ruas foram projetadas para esse fim. O objetivo seria ter a lavagem diária das ruas num tempo em que a coleta de lixo não era ainda um serviço público consagrado.


E se acordaram cedo, terão tempo para também contratar um dos barcos e realizar um lindissimo passeio pela Baia de Paraty. São dezenas de ilhotas com algumas deliciosas prainhas de água transparente. Mergulhar ali é uma experiência incrível.

Após o almoço, malas prontas e #partiuCunha.

O trecho de serra reproduz a Estrada Real que mencionei. São pouco mais de 40km entre Paraty e Cunha, com cenários cada vez mais amplos, com a vista magnífica do litoral e da Serra da Bocaina. É pra ficar maravilhado!

Importante: não é uma estrada para ser percorrida em velocidade. No trecho fluminense a conservação deixa muito a desejar com muitos buracos, falta de sinalização, guard-rails e claro, subidas vertiginosas. O bom é que dá pra se fazer com um carro comum, desde que equipado com pneus em boa condição e com tudo funcionando adequadamente, principalmente freios e sistema de resfriamento do motor.

Serra Bocaina – Vista da Pedra da Marcela

No passado Cunha era a última parada para os tropeiros que percorriam a Estrada Real desde Diamantina e Ouro Preto em Minas em direção a Paraty. Hoje é a “capital” da Serra da Bocaina. Ali a culinária predominante é a comida mineira e pratos a base do pinhão é uma característica local. Mas não se surpreenda: culinária francesa e outras referências também estão te esperando. As muitas pousadas em Cunha funcionam como ponto de apoio para quem deseja visitar o Parque Nacional da Serra da Bocaina para percorrer suas trilhas e se maravilhar com as cachoeiras, lagos e a maravilhosa Mata Atlântica.

Caso se interessem poderão contratar os serviços de guias locais e assim aproveitar bem o domingo. E há o lavandário, uma magnífica plantação próxima a Cunha (propriedade particular – taxas podem ser cobradas) e a imperdível Pedra da Marcela.

Em décadas mais recentes Cunha se firmou como centro de produção cerâmica. Você encontrará peças de alto valor artístico (ateliêrs Noborigama, de tradição japonesa) e nisso Cunha pode ser comparada à Monsaraz em Portugal.

Neste roteiro reservamos 2 noites em Cunha permitindo assim um dia inteiro para exploração da região. Pode ser pouco! Se você é adepto do turismo ativo saiba que a região oferece incríeis desafios e maravilhosas recompensas. Mas se você é mais adepto da contemplação, não há um roteiro mais surpreendente!

O trecho de Cunha a São Paulo é tranquilo. São 220 quilometros através da Via Dutra e se desejar pode depois optar pela Carvalho Pinto em Taubaté.

Ligue pra gente e contrate esse roteiro. Me conte depois como foi a sua escapada de fim de semana.

INFORMAÇÕES DO ROTEIRO:

Serviços prestados pela Andaraí Turismo:
1) Preparação do roteiro
2) Reserva das hospedagens
3) Contratação de Seguro de Viagem
4) Contratação de guias e passeios (opcional)


Hospedagens:
1 noite em Paraty-RJ
2 noites em Cunha-SP
Valor das hospedagens (em 18/Julho/20) R$ 737,00 para 2 pessoas em apartamentos duplos com café da manhã

A realização deste roteiro está condicionada à situação de cada destino quanto ao nível de atividade permitida no contexto da pandemia Covid-19.
Consulte-nos informando as datas desejadas para análise específica.
Grato!

alcides@andaraiturismo.com.br
f. 11 9 51062428 – whatsapp











Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Andaraí Viagens e Turismo (Alcides Monteiro ME)- SANTO ANDRÉ-SP CNPJ 21.330.778/0001-39 CADASTUR 26.074671.10.0001-7 Somos a sua agência de viagens multiproduto, pronta para servi-lo de forma personalizada. email: alcides@andaraiturismo.com.br